Mermão, uma ixkol ae!

Cultura Popular


04/02/2011


 
 

A Firmeza da Yaô

 

 

 

Eu vi uma Yaô ajoelhada no gongá;

Eu vi uma Yaô ajoelhada no gongá;

Ela chorava, ela implorava:

Mamãe Oxum, deixe minha banda melhorar!

Ela chorava, ela implorava:

Mamãe Oxum, deixe minha banda melhorar!

O ventou soprou, fez Yaô se balançar;

O ventou soprou, fez Yaô se balançar;

Mas se manteve firme e não saiu do lugar!

O ventou soprou, fez Yaô se balançar;

O ventou soprou, fez Yaô se balançar;

Mas se manteve firme e não saiu do lugar!

 

Escrito por Ixkol às 12h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/02/2011


 
 

Caminhos do Mar

 

 

 

 

 

 

Yemanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar
Yamanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar

O canto vinha de longe
De la do meio do mar
Não era canto de gente
Bonito de admirar

O corpo todo estremece
Muda cor do céu do luar

Um dia ela ainda aparece
É a rainha do mar

Yemanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar
Yemanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar

Quem ouve desde menino
Aprende a acreditar
Que o vento sopra o destino
Pelos caminhos do mar

O pescador que conhece
as historias do lugar
morre de medo e vontade
de encontrar Yemanja

Yemanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar
Yemanja Odoiá Odoiá
Rainha do mar

 

 

Dorival Caymmi

 

Escrito por Ixkol às 12h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/01/2011


 
 

São Sebastião.

 

 

 

 

SÃO SEBASTIÃO nasceu em Narbona. Foi um valente soldado. Sua fama de bom soldado era tamanha que tornou-se estimado pelos imperadores Diocleciano e Maximiano. Não demorou muito, tornou-se o primeiro capitão da guarda do Império.

Sebastião vivia num tempo em que era proibido confessar o Cristianismo. Os soldados prendiam sem dó nem piedade os cristãos. Acontece que Sebastião era um cristão, e o imperador não sabia disso. E Sebastião ajudou tanto aos demais cristãos que foi conhecido depois como o DEFENSOR DA IGREJA. A atuação de Sebastião nesse sentido consistia, principalmente, em confortar aos cristãos que eram perseguidos, e especialmente aos que padeciam no martírio. Até mesmo pessoas em altos postos do sistema carcerário romano se converteram à fé em Jesus por meio do seu testemunho.

Então, Sebastião foi denunciado ao imperador Diocleciano. Indignado, o Imperador o condenou à morte. Seu corpo foi cravado de flechas e abandonado para sangrar até a morte.

Encontrado ainda com vida por viúva (Santa Irene, celebrada no dia 30 de março) e alguns amigos, foi resgatado. E Irene cuidou de suas feridas. Após sua recuperação, o valente Sebastião se apresentou ao imperador Diocleciano, censurando-o por sua crueldade e exortando-o a deixar de adorar os falsos deuses, mediante suas imagens de escultura. O imperador ficou estarrecido ao ver em sua presença aquele que cria estar morto. Preso novamente foi açoitado até morrer.

Outra versão conta que ele  foi morto a pauladas e boladas de chumbo em 303 DC e o Imperador ordenou que ele fosse jogado em um fossa de modo que os cristãos não o encontrassem. Mas mais tarde Sebastião apareceu para uma cristã chamada Lucina (Santa Luciana, celebrada em 30 de junho)  e disse a ela :" em certo poço você me encontrará pendurado por um gancho e você deve me enterrar nas  catacumbas dos apóstolos". Na mesma noite ela e seus servos fizeram o que Sebastião ordenou. Alguns autores dizem que Lucina o enterrou no jardim de sua casa que ficava situado na Via Apia onde está hoje sua Basílica. Ele foi martirizado no ano de 287 DC. Mais tarde a Igreja  construiu na parte posterior da catacumba um templo em honra do santo: A Basílica de São Sebastião que lá existe até hoje e recebe grande romaria dos seus devotos. Existe ainda uma capela em Palatino em homenagem a São Sebastião.

Existem inconsistências no relato da vida de São Sebastião: Historicamente o edito que autorizava a perseguição sistemática dos cristãos pelo Império foi publicado apenas em  303 pelo que a data tradicional do martírio de São Sebastião parece um pouco precoce. O simbolismo na História, como no caso de Jonas, Noé e quase tudo na Bíblia e também de São Sebastião, é vista, pelas lideranças cristãs atuais, como alegoria, mito, fragmento de estórias, uma construção histórica que atravessou séculos.

É um santo muito popular e padroeiro do município do Rio de Janeiro, dando seu nome à cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Reza a lenda que, na batalha final que expulsou os franceses que ocupavam o Rio, São Sebastião foi visto de espada na mão entre os portugueses, mamelucos e índios, lutando contra os franceses calvinistas. Além disso, o dia da batalha coincidiu com o dia do santo, celebrado em 20 de janeiro.

Sincretizado na Umbanda com Oxossi, o Orixá Caçador. Tanto o santo, quanto o Orixá, são muito cultuados por todo o Brasil. A relação de São Sebastião com Oxossi está no símbolo da flecha e do arco. Comum para as duas divindades.

 

Escrito por Ixkol às 10h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/12/2010


 
 

Anjos do Picadeiro 9

 

Marcando a abertura Anjos de Picadeiro 9, cerca de 300 artistas, de várias partes do Brasil e do mundo, promoveram uma 'palhaceata' pelas ruas do Centro do Rio. O evento acontece sempre em dezembro em vários cantos do país, mas há 2 anos não passava pelo Rio.

A concentração foi na Câmara de Vereadores.

Junto com outros cones, fui a frente do desfile, abrindo passagem e auxiliando o trânsito. 

Da Câmara seguimos em direção à Praça Quinze, passando pelo Largo da Carioca. Aos poucos, as caras sérias dos que costumam passar apressados pelo local foram dando lugar às gargalhadas. E a alegria foi tomando conta das ruas. Com direito a muita brincadeira, guerra de torta, músicas...

3 horas depois, onde eu passava a mão, ainda saiam penas e espumas do meu corpo. Já estava me sentindo um papagaio...

Oficialmente, o encontro foi aberto ontem a noite no Teatro Carlos Gomes, com a apresentação musical/participativa/emocionante de La Royale, Salvador Trapani (Argentina) e depois uma festinha no espaço do Anônimo. Assim que cheguei, ganhei duas caipirinhas de maracujá. Conclusão: PT (Perda Total). Gente! Aquela cachaça era do alambique de Belzebu?

A programação completa do evento pode ser consultada no site www.anjosdopicadeiro.com.br.

 

Escrito por Ixkol às 23h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/12/2010


 
 

02 de dezembro, Dia do Samba

 

 

E por falar em samba, esta foto fantástica do Urbano Erbiste, do JB. Isso é Rio de Janeiro. Isso é Brasil. Isto é samba...

 

Escrito por Ixkol às 15h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/12/2010


 
 

VII Mostra Rio-São Paulo de Teatro de Rua

Nos últimos dias, o Estado do Rio de Janeiro foi palco de um triste cenário. Ruas, avenidas e praias vazias, revelando o pavor de toda uma população. Em meio a todo este desespero, tive  o prazer de participar, a convite do meu amigo Reinaldo Facchini, da VII Mostra Rio-São Paulo de Teatro de Rua em Mangaratiba.

A Mostra realizou mais uma ação importante ao teatro e as artes de rua em geral. Parabéns ao Governo do Estado por apostar nessa iniciativa! Desejamos que os próximos editais de Festivais, no estado do Rio de Janeiro possam vir com mais verbas e privilegiar mais realizadores pelo estado.

Mesmo com a ameaça da chuva, a Mostra presenteou o público do centro de Mangaratiba, Muriqui e Itacuruçá com ótimos espetáculos do eixo RJ e SP, realizou ainda o 4o Encontro RBT-RJ.

No primeiro dia do encontro, os grupos: Cia 2 Banquinhos (RJ),Mira Pheriferia - TI (SP), Anti-companhia de Teatro (RJ), Cia Corpos e Sombras (RJ - RS), Grupo Sitio do Jeca (SP), Grupo Entrou por uma Porta (RJ), Grupo Arteatro (RJ - Mangaratiba), Sinequanon (RJ), Fundação Sindika Dokolo (Luanda/Angola), discutiram  e contaram um pouco da história do movimento, desde a sua primeira tentativa de organização realizado em Cachoeira de Macacu e apresentou os eixos de trabalhos aos novos participantes da rede, que eram maioria. A hospedagem foi cedida pelo sr. Madeira, responsável pelo Grupo Vida Longa e Saudável e proprietário da Pousada Imperial (onde também foram realizadas as discussões e algumas apresentações (um parentese para a dança dos bonequinhos do argentino, assim que consiguir material dele postarei aqui, fantástico e emocionante!)).

Ficou ainda acordado a possibilidade da criação da Rede Ning – sob minha responsabilidade-, para melhor diálogo entre os participantes, além do cadastramento de novos membros.

Aí eu sugiro: Governo do Estado e empreendedores em geral: aproveitem este momento decisivo e ímpar na história do Estado do Rio de Janeiro para fazer deste Estado um gigantesco palco sim, mas não de guerra e sim de arte e cultura em geral.

 

Escrito por Ixkol às 21h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

25/11/2010


 
 

Gêzus!

 

Escrito por Ixkol às 00h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/11/2010


 
 

Quem quer dinheeeeirooo?

 

 

 

Durante décadas, os telespectadores dos programas do SBT ouviram a famosa frase do admirável/apresentador/empresário/(gagá?) Silvio Santos: “Quem quer dinheeeirooo?” Eu mesmo adoro! Lembro até que certa vez, um amigo comentou comigo: “Vc é uma pessoa culta e gosta de cada programa povão. Vc é estranho.” “Programa povão” como Ratinho, Casos de Família e afins estão entre os meus prediletos. Prefiro 1000 programas do Ratinho a um Programa do Jô. Será mesmo que alguem acha graça das piadas do Jô? PeloamordeDeus!!!

Voltando ao Silvio. E não é que agora os personagens mudaram de papéis?

Após a veiculação no rombo de R$ 2,5 bilhões do banco Pan Americano, mensagens de apoio começaram a chegar no SBT. Escritas por gente do povo que tem na pessoa do Silvio um ídolo que durante tanto tempo ajudou os brasileiros e que agora é digno de ajuda. Alguns sites estão afirmando que algumas destas mensagens chegaram a emocionar Silvio Santos.

Tô indo ali comprar uma Tele Sena e já volto!

 

Coisas de Silvio: 

As Franks (Jogo das Famílias)
SS -Qual o seu nome?
-Franksleda.
SS -E o seu nome?
-Franksmeire.
SS -E o seu?
-Frankslene.
SS -Ainda bem que não tem nenhum rapaz, né? Senão ia chamar Frankstein! Hi hi, ha hai!

 

Escrito por Ixkol às 15h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/11/2010


 
 

Valei-me!

 

 

Sou protegido por uma machadinha de ouro,

É de ouro só;

Sou protegido por uma machadinha de ouro,

É de ouro só;

Machadinha que corta mironga,

É a machadinha de Xangô;

Machadinha que corta mironga

É a machadinha de Xangô.

Que morreu bem velinho,

Sentado em cima de uma pedra;

Que morreu bem velinho,

Sentado em cima de uma pedra;

Morreu pedindo a Justiça,

quem deve paga,

quem merece recebe.

Morreu pedindo a Justiça,

quem deve paga,

quem merece recebe.

 

E eu estou quieto. Pode trabalhar a vontade. Depois não diga que eu não avisei!!!

 

 

Escrito por Ixkol às 18h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/11/2010


 
 

Conciência Negra

 

 

Uma humilde homenagem a esta raça irmã, que ajudou a criar uma nação chamada Brasil. Obrigado!

 

Escrito por Ixkol às 23h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/10/2010


 
 

Exposição Islã no CCBB

 

 

 

 

 

Devido os acontecimentos contemporâneis, o Islã tem criado interesse em diversas partes do mundo. Importantes espaços europeus: Caixa Fórum da Espanha e o Instituto do Mundo Árabe em Paris, fizeram recentemente mostras de arte islâmica. O Museu do Louvre se prepara para abrir galerias dedicadas ao tema em 2011. Nos Estados Unidos, o Museu de Boston e o LACMA de Los Angeles exibem importantes acervos recém-adquiridos, assim como Toronto, no Canadá, prepara a abertura do Museu Aga Khan.

 

E o CCBB RJ não ficou de fora, e trouxe a  exposição para comemorar seu 21° aniversário, que ocupa todo o espaço expositivo do primeiro andar, além da rotunda e dos foyers, no térreo.

 

Eu já conferi e particularmente não me causou impacto nenhum. Como disse minha amiga Deise: "Me senti em um museu meio chinfrim". Mas fica aqui a dica.

 

Escrito por Ixkol às 13h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
 

E o Filho do Homem virá sobre as nuvens...

 

 

 

 

 

 

O carro do Google Street View já capturou imagens que deram no que falar mundo a fora. Mas desta vez o veículo registou uma fotografia -  borrada -  no céu da Suíça.  O que é eu não sei, mas tem um monte de gente garantindo que trata-se de Jesus, o Cristo e seu Pai, o Criador.  E não é que parece mesmo?!?!

 

 Saiu no Gawker.

 

Escrito por Ixkol às 00h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/10/2010


 
 

Só o Ôme

Noriel Vilela

 

 

 

 

 

Ah mô fio do jeito que suncê tá
Só o ôme é que pode ti ajudá
Ah mô fio do jeito que suncê tá
Só o ôme é que pode ti ajudá

Suncê compra um garrafa de marafo
Marafo que eu vai dizê o nome
Meia noite suncê na incruziada
Distampa a garrafa e chama o ôme
O galo vai cantá suncê escuta
Rêia tudo no chão que tá na hora
E se guáda noturno vem chegando
Suncê óia pa ele que ele vai andando

Ah mô fio do jeito que suncê tá
Só o ôme é que pode ti ajudá
Ah mô fio do jeito que suncê tá
Só o ôme é que pode ti ajudá

Eu estou ensinando isso a suncê
Mas suncê num tem sido muito bão
Tem sido mau fio mau marido
Inda puxa saco di patrão
Fez candonga di cumpanheiro seu
Ele botou feitiço em suncê
Agora só o ôme à meia noite
É que seu caso pode resolvê

 

 



Escrito por Ixkol às 11h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/09/2010


 
 

São Cosme e São Damião a arte popular de celebrar os gêmeos.

 

 

 

 

 

Quem frequenta o meu blog sabe que eu sou apaixonado pela cultura popular brasileira, logo, todas “nossas” formas de manifestações religiosas também. E eu não poderia deixar de comentar sobre a festa de Cosme e Damião.

Diz a lenda católica que os dois eram gêmeos. Seus nomes de batismo são Acta e Passio, nascidos na Arábia do século III, de família nobre e cristã. Os dois estudaram medicina na Síria e exerciam a profissão gratuitamente. Acusados de feitiçaria, por realizarem milagres, foram jogados de um despenhadeiro. Em outras versões ouve-se que tentaram matá-los de várias formas, mas não conseguiram. Por fim tormando-se mártires no dia 27 de setembro de 287, na Egéia, Cíclica, Ásia Menor, durante a perseguição do Imperador Diocleciano. Entre seus milagres estão a cura e a materialização (após a morte) para ajudar crianças vítimas de violência e foram canonizados pela Igreja Católica e são considerados os patronos dos cirurgiões. Padroeiro dos farmacêuticos, médicos, babeiros e cabeleireiros, São Cosme e Damião protege as crianças , os orfanatos, creches,as doceiras, os filhos em casa, além de proteger com doençcas como hérnia e a peste. Os emblemas dos santos são caixa com ungüentos, frasco de remédios, folha de palmeira. Aqui no Brasil, são defensores da fome, das doenças do sexo e dos partos duplos e principalmente: Protetores das crianças.

Faz parta da crença popular que em casa onde existam Cosme e Damião, não entra epidemia, porque eles foram sempre considerados advogados contra “feitiços, bruxarias, mau olhado e espinhela caída”. Isso quanto às origens européias da devoção.

Como estou falando especificamente da data na cultura brasileira, nnão sincretiza-los com os Ibeji (divindades gêmeas/infantis amigas das crianças, que poderiam auxiliar qualquer tipo de pedido em troca de doces e goluseimas) dos africanos era impossível. Apesar do catolicismo oficial venera-los como santos adultos e que dedicaram a vida a praticar a medicina caridosa, os mesmos santos são venerados pela maior parte de seus devotos, incluindo os católicos, como os santos meninos. Não podemos deixar de falar de Doum: a figura de uma criança entre os dois santos. Segundo a crença popular, era filho de uma empregada da família dos gêmeos e morreu no dia seguinte ao martírio dos irmãos.  E assim, todo ano, no dia 27 de setembro os santos recebem homenagens por pagadores de promossas (que devem ser estendidas por 7 anos...) de diversas origens reliososas aqui no Brasil.

Algumas destas promessas pode ser a “festa de mesa”, quando 7 (ou múltiplos) crianças sentam-se em uma mesa com bolo, doces e refrigerantes. Ou a distribuição de saquinhos de diferentes tipos de doces: cocada, pé-de-moleuqe, maria-mole, balas... e brinquedos na porta de casa, atraindo crianças de toda a parte. Infelizmente esta manifestação, pelo menos aqui no Rio, está quase acabando. Também é muito comum destinar alguns doces, pedaços de bolos, refrigerantes e brinquedos para serem colocados em frente às suas imagens num altar, com velas.

 

 

“São Cosme e Damião,
a sua casa cheira,
cheira cravo, cheira rosa,
cheira flor-de-laranjeira”

 

 

Outra prática muito comum, mais especificamente entre o povo de santo  é o caruru do São Cosme e São Damião.

Nas tradições do candomblé Cosme e Damião são filhos gêmeos de Xangô e Iansã. Os santos gêmeos possuem muitos simpatizantes e devotos, estes que todo ano fazem caruru para eles, chamado também de “Caruru dos Santos” e “Caruru dos sete meninos” que representam os sete irmãos (Cosme, Damião, Dou, Alabá, Crispim, Crispiniano e Talabi).

Os devotos costumam “dar Caruru de Cosminho” em suas casas durante o mês de setembro e principalmente no seu dia: 27. A festa já começa durante os preparativos, quando a família se reúne para cortar os quiabos em forma de cruz e depois em extreitas rodelas, preparar os temperos, torrar e triturar o amendoim e a castanha, temperar a galinha e fazer os seus pedidos também. A quantidade dos quiabos do Caruru, geralmente chegam aos milhares, a depender da promessa, devem ser cortados por quem está oferecendo, mas vale a ajuda de participantes voluntários que também fazem a sua reza e pedidos aos santos gêmeos.

Abará, acarajé, pipoca, cana cortada em tiras, ovo cozinho cortado em rodelas, inhame, batata doce e abóbora, vatapá, muito camarão seco, leite de coco, azeite, milho branco, feijão preto, feijão fradinho, ximxim de galinha, arroz branco, farofa de mel, banana da terra frita, amendoim assado, coco seco cortado em tirinhas, pipoca, rapadura também fazem parte do cardádio típíco do Caruru de Cosminho.

Vale tudo para se fartar de uma prato de caruru: pode-se ir às ruas, sem a menor cerimônia, e esperar que pessoas simplesmente ofereçam as quentinhas do farto prato ou pode-se ir até a casa de familiares e amigos durante o período do mês de setembro para prestigiar os santos e saborear as iguarias afro.

 

 

“Cosme e Damião
Vêm comer teu Caruru
Que é de todo ano
Fazer Caruru pra tu”

 


Um mês depois, no dia 25 de outubro, as cerimônias se repetem, embora com menos intensidade: comemora-se a festa de São Crispim e Crispiniano, também mabaças e confundidos na crendice popular com Cosme e Damião, cujas imagenzinhas com sua palma, sua pena e seu livro, estão em muitos lares brasileiros, de negros ou de brancos, de pobres ou de ricos, que tenham coração para crer, com sua fé inabalável, nestes dois ícones da nossa cultura popular.

 

Escrito por Ixkol às 00h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
 

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, SANTA TERESA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Sexo, Dinheiro, Ócio
MSN - dogagentil@hotmail.com

Histórico